domingo, 23 de março de 2008

Outras vozes - 10

Este é o psiquiatra e artista plástico Lula Wanderley, com uma de suas pacientes. Falei a respeito dele quando lembrei o trabalho desenvolvido pelo grupo Nuvem 33, na Recife do início dos anos 70.

O Nuvem 33 reunia música e arte, tendo como base as idéias criativas de Otávio Machado, ou Otávio "Bzzz". Otávio tinha uma espécie de visão eletrônica do trabalho, além do conceito multiforme de lidar com diferentes formas de expressão.

Mas voltando a Lula Wanderley, ele concebeu alguns dos cartazes dos shows do Nuvem... - em que costumava desenhar a personagem Moma, da canção que fiz na época: Moma, seu banjo e o Dr. Bizarro. Atualmente, conjuga muito bem as habilidades de artista plástico com o conhecimento que tem da psiquiatria. (Algumas das suas experiências estão no livro que escreveu, O dragão pousou no espaço.)

Lula mantém, por exemplo, grupo de ações poéticas musical/performático - o Sistema Nervoso Alterado - formado por pacientes psiquiátricos, que se apresenta em teatros pelo país. (A foto acima registra, em Bauru/SP, momento do espetáculo engraçado e criativo chamado As Camisas de Forças Sociais.) Segundo Lula, "é um desfile de moda musicado (a banda é maravilhosa), em que os clientes vestem camisas de força que normalmente são usadas por nós: camisas de forças políticas, cotidianas, sociais, matrimoniais, camisa de força da imprensa, do futebol etc.". Há 4 anos o espetáculo é apresentado, e sempre surgem novos convites para mais.

Ele escreveu um depoimento exclusivo para este Blog, onde fala inclusive sobre o Nuvem 33.

A seguir, com você, Lula Wanderley.

Tiago Araripe

2 comentários:

Orlando disse...

Tiago, tenho seu vinil, assisti seu show no Lira Paulistana que gravamos numa fita. Esperamos, eu e a Maria do Carmo, ansiosamente pelo CD. Faz parte de nossa vida de 23 anos de casado.
Um grande abraço e nos avise sobre o lançamento.
ofrancini@uol.com.br
Jaraguá, cidade de São Paulo-SP

Cabelos de Sansão disse...

avisarei sim, orlando.
é bom saber que, de alguma forma, esse trabalho tem ligação com o relacionamento de vocês.
grande abraço e até breve.
tiago araripe