quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Lira Paulistana faz história

Nas fotos, sócios do Lira Paulistana

Wilson Souto

Chico Pardal

Fernando Alexandre

Riba de Castro


As fotos acima foram publicadas originalmente no blog Documentário Lira Paulistana. Durante nove semanas, Riba de Castro (que atualmente mora em Barcelona) e equipe gravaram depoimentos de músicos, intérpretes, cineastas, teatrólogos, artistas plásticos, empresários, técnicos e colaboradores em geral. Em suma, toda uma gama de pessoas que de alguma forma utilizaram os espaços abertos pelo Lira Paulistana como forma de expressão. A última semana de gravação, neste mês de fevereiro, registrou o encontro dos ex-sócios do projeto (havia ainda um quinto sócio, Plínio Chaves, já não mais vivo). Um deles, Wilson Souto Júnior, produziu em 1982 o segundo disco do selo Lira Paulistana: Cabelos de Sansão.

No blog citado, pode-se ver a galeria de pessoas que estão participando do documentário e assistir ao making off de cada semana de gravação.

No próximo dia 6 de março, vôo para São Paulo com dupla missão: a) Participar da gravação do Documentário Lira Paulistana, a convite do Riba; b) Lançar na FNAC Pinheiros, dia 10 às 19h, o CD Cabelos de Sansão, remasterizado pelo selo Saravá Discos de Zeca Baleiro e Rossana Decelso.

Rever São Paulo, onde morei durante 23 anos e construí amizades marcantes, é reconectar com toda uma história de vida manifestada, mesmo que minimalisticamente, na música. Subirei ao palco da FNAC Pinheiros bem acompanhado por músicos que deram contribuição decisiva para a relaização de Cabelos de Sansão - seja na versão vinil ou na versão CD. Já estão confirmados os nomes de Zeca Baleiro, Cid Campos, Felipe Avila e Felipe Vagner (este, flautista e autor de arranjos memoráveis do disco, como o de Redemoinho).

Será um reencontro e tanto.

Tiago Araripe

2 comentários:

Anônimo disse...

Tiago:
muito sucesso em SP! gostaria de estar la.
grande abraço, também para todos os amigos em comum.
pc

Cabelos de Sansão disse...

valeu, paulinho. será o momento de rever muitos amigos. e, passado esse momento de ebulição, vamos retomar nossas parcerias!
abração.