sexta-feira, 15 de agosto de 2008

A audição do Correio Brasiliense

Tiago Araripe
Cabelos de Sansão
Saravá Discos
****

O disco

O selo Saravá foi criado por Zeca Baleiro para reeditar discos raros. Cabelos de Sansão, que inaugura o projeto, foi lançado originalmente em 1982. O cearense Tiago Araripe migrou para Recife e depois para São Paulo, onde se aproximou dos vanguardistas das décadas de 1970 e 1980. Estreou em disco em 1974, com um compacto simples dividido com Tom Zé; integrou o grupo Papa Poluição, que lançou três compactos entre 1976 e 1978.

A crítica

Na trajetória entre Crato e São Paulo, Araripe construiu manancial de referências que usa sem parcimônia no CD. Apesar de lançado nos anos 1980, traz o clima de experimentação e psicodelia dos 1970. Passeia da música nordestina ao rock progressivo, sem soar inadequado. Letras instigantes asseguram a atualidade que, em alguns momentos, escorrega em sonoridades um pouco datadas (mesmo assim curiosas).

Rosualdo Rodrigues
Correio Brasiliense, 13/8/2008

2 comentários:

Daniel Simões disse...

Agora eu vi!!!
M. Tiago de cabelo grande!
Lindo, lindo!!
Realmente a única coisa constante é a transformação.
Algumas pessoas já me pediram para cortar o cabelo, só que elas não sabem que só há 2 anos (ou seja, desde que cheguei a Fortaleza) é que tenho deixado crescer o cabelo.
Sempre sonhei ter o cabelo grande, mas nunca consegui... e sempre usei o cabelo bem curtinho devido às exigências sociais e familiares.
Porém, desde que o casamento com a mãe de minha filha começou a não dar certo, achei que era o meu tempo de experimentar a liberdade de sentir o vento batendo nos cabelos.
Ou seja, isto é coisa recente, um sonho feito realidade.
Confesso que já pensei em corta-lo, mas ainda sinto o prazer doce de criança ao sentir o vento.
Ao contrário do que muitos pensam, nada aqui existe de egocentrismo, mas de sonho.

L.P.A.

Cabelos de Sansão disse...

cada coisa no seu tempo, daniel. como diria um amigo: nem cabelo aguenta exaltação...
hoje, sou a prova viva disso.
:-)
abraço